Como traçar uma estratégia de Social Selling de sucesso?

Já lá vai o tempo em que as formas convencionais e impessoais de vendas eram fortemente utilizadas. Atualmente, os potenciais clientes procuram interações personalizadas e é aqui que podes tirar proveito das ferramentas de Social Selling. Queres saber mais sobre isso? Então continua a ler o nosso artigo! 

O que é Social Selling?

O Social Selling, também denominado Venda Social, é uma estratégia digital aplicada nas redes sociais, que visa entrar em contacto com potenciais clientes e construir o relacionamento com os mesmos, tendo em vista a captação de leads, o que, por sua vez, ajudará a atingir os objetivos de vendas.

Esta estratégia foca-se na credibilidade social e no estreitamento de relações win-to-win. Nesse sentido, deves transmitir a ideia de que a tua marca é a solução perfeita para cumprir as necessidades dos teus potenciais clientes, tirando partido do que as redes sociais te oferecem. Mas como? Já irás descobrir!

Estratégias de Social Selling

  1. Definir o público-alvo
    Deves definir a tua audiência, tendo em conta critérios relevantes para o teu nicho ou especialidade.  Atualmente, os esforços nas plataformas sociais são dirigidos para dois grupos distintos:
      • Clientes B2B: este grupo pretende receber conteúdos explicativos e precisos sobre determinados assuntos;
      • Clientes B2C: já este grupo opta por conteúdos mais leves e divertidos.

    Ao perceberes as preferências da tua audiência, poderás ajustar a tua abordagem de comunicação.


  2. Mix de Canais
    É importante perceberes quais as redes sociais mais relevantes para o teu público, pois cada uma delas tem objetivos e segmentos diferentes. N’O Raio do Blog podes encontrar artigos sobre várias redes sociais, como este artigo sobre os 5 C’s da Gestão de Redes Sociais ou este artigo sobre Linkedin.

  3. Criar conteúdo
    Um dos objetivos do Social Selling é atrair potencias clientes. Portanto, cria conteúdo interessante e adequado ao teu nicho. Mostra aos consumidores os benefícios que terão com o teu produto ou serviço. Identifica as suas dores e mostra como dispões de soluções para esses seus problemas. Mais do que serem bombardeados com mensagens agressivas sobre vendas, os consumidores preferem cada vez mais receber informações relevantes e decidir por si.

  4. Interage com a comunidade
    Aplicar o Social Selling implica a participação, interação e relacionamento com os teus utilizadores. Neste caso, é de extrema importância teres conversas genuínas com os mesmos, através de resposta a comentários, dúvidas e mensagens privadas. O segredo é acrescentar valor às pessoas com quem interages. Já aqui falamos sobre a importância da gestão de comunidades para o teu negócio!

Benefícios do Social Selling

Como referimos anteriormente, existem várias estratégias que podes aplicar no teu negócio. Quando as colocas em prática obténs várias mais-valias, tais como:

  • Redução do ciclo de vendas: através das ferramentas online, poderás monitorizar e analisar as preferências e interesses das pessoas em relação a determinado produto ou serviço. Assim, a tua interação será mais personalizada, poupando tempo em estratégias de vendas complexas. Espreita aqui um dos nossos artigos sobre Social Commerce;
  • Maior reputação e visibilidade: certamente, tens como objetivo alcançar o reconhecimento por parte da tua audiência. Através de  positivos e recomendações de outros clientes, é possível obteres essa credibilidade. Já aqui falamos da importância da reputação digital;
  • Geração de leads: ao ofereceres conteúdo de valor, a probabilidade de conquistares a fidelidade dos clientes é maior;
  • Otimização das vendas: delineares uma estratégia específica para as redes sociais irá ajudar-te a otimizar as vendas offline e online;
  • Diminuição do custo de aquisição de clientes: aplicar o Social Selling irá ajudar-te a reduzir o custo de aquisição de clientes, visto que este utiliza ferramentas orgânicas (produção de conteúdo, mensagens, etc) para construir o relacionamento com os leads.
  • Vantagem competitiva face à concorrência: ao digitalizares o processo de vendas, conseguirás estar mais perto do teu público-alvo e, simultaneamente, ganharás destaque, o que te permitirá estar um passo à frente da concorrência!

Principais Métricas do Social Selling

É verdade que implementar estratégias concretas traz inúmeras vantagens. No entanto, só as conseguirás mensurar se efetuares uma mediação e avaliação dos resultados, de forma regular. Esta pode ser uma etapa complexa, porém existem vários indicadores de desempenho que te podem auxiliar, entre os quais:

  • Custo de Aquisição de Clientes (CAC): analisa o total de investimento feito em comunicação (marketing, publicidade) para conquistar um cliente;
  • Customer Lifetime Value (CLV): é uma métrica essencial para a análise do custo de angariação de cada cliente e o lucro que este gera, durante um certo período, para a respetiva empresa;
  • Taxa de retenção de clientes: avalia os esforços feitos para manter os clientes ativos, por um período de tempo específico;
  • Número de acessos e vendas provenientes das redes sociais: tal como o nome indica, esta métrica permite analisar todas as vendas realizadas através das redes sociais

Em suma, e embora não exista uma fórmula mágica que gere vendas, todos os dados apontam para a importância da digitalização do processo de compra e venda.