Cookies: chegou o Google Consent Mode V2 (e é “obrigatório”!)

Cookies: chegou o Google Consent Mode V2 (e é “obrigatório”!)

Neste artigo, vamos falar-te sobre a nova versão de Consent Mode, lançada pela Google CMP Partner Program, em prol de garantir mais liberdade de partilha de dados aos utilizadores.

Ainda não estás a par desta novidade? Aproveita para recolheres as informações mais relevantes deste tema e, com a nossa ajuda, atualiza agora o teu site no que aos novos cookies diz respeito.

O que é o Google Consent Mode V2?

O Google Consent Mode V2 é uma versão atualizada do modo de consentimento, que todos conhecemos como Cookies. Porém, esta versão faz com que todos os serviços que a tua empresa tem com a Google sejam praticamente obrigados a instalar esse consentimento.

Dentro deste famoso ecossistema de Marketing das ferramentas e outros serviços da Google, este modo permite o controlo e o monitoramento das funções com uma base de dados, onde estão descritos os consentimentos fornecidos pelos utilizadores.

Créditos: Cookieyes

O que precisas de saber/fazer

De acordo com as leis RGPD (Regulação Geral sobre a Proteção de Dados), todos os detentores de websites, serão, de certo modo, obrigados a notificar os utilizadores que frequentem os seus sites em relação aos cookies que utilizam. Tendo em conta que a passagem de informação referente aos objetivos desses cookies terá de ser explicita de forma detalhada, permite-se ao utilizador ter a opção de escolher todos os cookies que quererá fornecer.

Portanto!! ⚠️

Sim, como já deves ter percebido, a Google pretende que todos os websites tenham instalado o Consentimento V2, caso contrário serão prejudicados consoante as regras determinadas pela Lei.

Tendo em conta a política de consentimento de utilizadores da União Europeia, todos aqueles que usam as plataformas e os serviços da Google precisam obter o consentimento legalmente válidos dos utilizadores finais para:

  • Usar cookies ou outro armazenamento local quando exigido por lei;
  • Recolher, partilhar e usar dados pessoais de públicos para personalização dos anúncios; 
  • Guardar registos das escolhas de consentimento dos utilizadores;
  • Permitir que os utilizadores finais revoguem os seus consentimentos a qualquer momento, com instruções claras sobre como o fazer.

Instalar o Cookiebot CMP: guia passo a passo

As sugestões que te posso dar são:

Gigantic
Cookiebot CMP

Na minha opinião, o mais apropriado é o segundo, até porque a Gigantic é uma parceira do Cookiebot CMP. Quando, em 2022, a Google lançou o seu Programa de Parceiros CMP, o Cookiebot CMP foi um dos primeiros CMP certificados. Esta plataforma foi atualizada para oferecer suporte às mudanças no próprio modo de consentimento, que foram anunciadas pela Google no final do ano passado.

Esta ferramenta também é atualizada automaticamente para a API do Modo de Consentimento mais recente, fazendo com que esteja sempre ativo. Os anunciantes estão protegidos e podem obter o consentimento legalmente válido, que é sinalizado à Google.

Relativamente ao Cookiebot CMP e ao seu processo de instalação, é muito simples e vou ajudar-te nesse processo!

  1. Pesquisar em qualquer Browser “Cookiebot CMP”, se possível no próprio Google;
  2. Entrar no site oficial da Cookiebot CMP;
  3. Registar-se para obter uma conta gratuita;
  4. Escolher um banner e copiar o seu código;
  5. Colar o código no cabeçalho do seu site.

Dentro desta plataforma, ainda é possível usufruir de 14 dias gratuitos para te entreteres a explorar os resultados que consegues recolher com a nova versão.

Quais são benefícios do Cookiebot CMP?

  • Estar em conformidade com o GDPR (General Data Protection Regulacion), a Lei de Privacidade Eletrónica;
  • Recolher e sinalizar dados baseados em consentimentos;
  • Construir a confiança do utilizador.

O que acontece se não quiser instalar o Cookiebot CMP?

A resposta é mais simples do que parece. Basicamente, se não procederes à instalação de uma plataforma de gestão de consentimento como, por exemplo, as que foram citadas anteriormente, isso poderá fazer com que a Google tome medidas como limitar ou suspender o uso do produto Google ou até mesmo, em última instância, rescindir o seu contrato, caso haja ou caso o próprio incorpore esta política. 

Até quando tenho de instalar? É obrigatório?

Não, não é obrigatório, nem para quem tem contratos com a Google, nem para quem apenas usa algum produto da Google. Porém, aqueles que o têm, não são obrigados a adquirir os cookies, mas tal trará consequências, como referi.

Caso pretendas proceder à instalação, não te esqueças de fazê-lo até ao fim deste mês (março 2024).

Ou seja, a partir de agora, as empresas que utilizam ou que eventualmente venham a utilizar os serviços da Google terão de ser capazes de sinalizar a obtenção do consentimento dos utilizadores antes de poderem vincular os anúncios com as funcionalidades de personalização.

Caso não ocorra a implementação de um CMP certificado pela Google que suporte o Modo de Consentimento até ao prazo definido, as organizações só poderão continuar a vincular anúncios em plataformas da Google que não sejam personalizadas e que sejam baseadas em dados agregados em vez de análises específicas do público-alvo ou dos utilizadores.

Porque é que o consentimento se tornou tão importante?

O facto de antigamente ser possível recolher os dados e as informações dos utilizadores sem o próprio consentimento levou a Google a ter de agir em função disso. Como solução, surgiu este modo de consentimento (os Cookies) que, de certo modo, vieram trazer mais segurança informática e até mesmo mais noção e liberdade aos utilizadores que sabem assim onde andam a deixar os seus dados, facilitando, por vezes, a identificação de empresas que recolhem esses mesmos dados de forma ilegal para, por exemplo, vendê-los.

O que mudou nesta versão do Google Consent Mode V2?

Quando o Modo de Consentimento do Google (os Cookies) foi lançado, originalmente, este permitia rastrear dados e gerar insights, mesmo quando os utilizadores não prestavam nenhum consentimento para tal, sabendo que, de certa maneira, também não era algo obrigatório de se implementar. No entanto, evoluiu, e veio com iniciativas como o Google CMP Partner Program, do qual o Cookiebot é membro. 

O motor por detrás de todas estas novas mudanças para os anunciantes é que, agora, funciona como uma ferramenta de sinalização, especialmente para o consentimento. 

Ao usar o Google Tag Manager, o modo de consentimento do Google Analytics ou Google Ads ajuda a otimizar e melhorar as taxas de consentimento dos utilizadores e ainda obter insights de conversão, mesmo quando os utilizadores recusam o consentimento do uso dos dados.

Este modo de Conversão v2 da Google acaba por incluir também duas novas configurações: ad_user_data e ad_personalization. Estas usam informações de consentimento do utilizador para controlar o acesso e o uso de dados pessoais e personalizados de anúncios

De certa forma, esta plataforma permite que, caso o utilizador não tenha dado o seu consentimento, deverá poder alterar as suas preferências de consentimento no futuro e poderá optar por receber publicidade personalizada.

Serviços do modo de consentimento que oferecem suporte

Em suma, caso não procedas à atualização do Google Consent Mode V2, não conseguirás tirar partido dos anúncios personalizados em plataformas da Google, nem obterás recomendações personalizadas. Se precisas de ajuda com a instalação do Cookiebot CMP, fala connosco e mantém a tua estratégia de publicidade online alinhada com a legistação em vigor.

Vê mais artigos deste Autor

Jorge Silva

Digital Marketing Intern

Neurodesign: 7 dicas para envolver mais o cliente e aumentar as conversões

No universo do design de conteúdos digitais, a chave para o sucesso vai muito além da funcionalidade pura.

É crucial entender como as pequenas nuances do design podem impactar emocionalmente os consumidores, promovendo envolvimento e confiança.

Neste artigo, exploramos sete estratégias poderosas que não só encantam os utilizadores, mas também impulsionam resultados fundamentais como a conversão e a retenção.

LER MAIS
Falar no Whatsapp
Vamos conversar? 💬
Olá! 👋
Podemos ajudar?