4 Mitos Sobre o Instagram

4 Mitos Sobre o Instagram

Os mitos sobre o Instagram, por vezes, têm algum fundo de verdade. Mas, na grande maioria das vezes, não passam de grandes mal-entendidos.

Os mitos sobre o Instagram, por vezes, têm algum fundo de verdade. Mas, na grande maioria das vezes, não passam de grandes mal-entendidos.

Como não queremos que a tua estratégia nesta plataforma seja sabotada por informações erradas, neste artigo, vamos analisar os quatro mitos que consideramos mais comuns e esclarecê-los.

#1 – Utilizar 30 hashtags numa publicação pode diminuir o meu alcance

As hashtags são “palavras-chave” que categorizam o conteúdo e o tornam mais suscetível de ser encontrado – e isto acontece por duas razões: (1) porque os utilizadores podem seguir hashtags, o que faz com que o conteúdo apareça no seu feed e (2) porque ao utilizá-las o teu conteúdo vai aparecer na página das  hashtags (que pode ser pesquisada).

 

Assim, as hashtags podem, efetivamente, ajudar-te a aumentar a tua audiência e a gerar mais alcance. No entanto, deves ter em consideração que o Instagram permite utilizar até 30 hashtags por publicação (para as stories o limite é 10).

 

Conclusão: se utilizares 30 hashtags numa publicação o teu alcance não vai diminuir – pelo contrário, poderá até melhorar. Todavia, se tentares utilizar um número superior ao determinado, não vais conseguir partilhar a publicação (ou o comentário, se for o caso).

#2 – As hashtags não funcionam

Se leste o ponto #1, já sabes a resposta a esta afirmação: as hashtags funcionam, sim, e são importantes para a tua estratégia. No entanto, é fundamental percebermos como as utilizar, para tirar o melhor partido delas. Existem vários motivos para não conseguir gerar resultados com hashtags, sendo que o mais comum é a utilização de hashtags que não têm nada que ver com o conteúdo. Como o Instagram está cada vez mais rigoroso com a forma como as hashtags são utilizadas, as contas que utilizam hashtags populares ou trendy, que nada têm que ver com o seu conteúdo, tendem a ser penalizadas. Assim, devemos optar por utilizar hashtags que ajudem as pessoas a encontrar o nosso conteúdo.

 

Desta forma, vamos conseguir chegar a quem realmente nos interessa, aumentar o nosso alcance e a nossa audiência.

Encontra hashtags com relevância para a tua conta e vais ver que os resultados começam a surgir! 

#3 – Quanto mais vezes publicar por semana, menor será o meu alcance total

Para manter uma comunidade ativa e participativa é essencial manter uma frequência de publicações consistente e perceber qual o número ideal de conteúdos a partilhar semanalmente sem spammar ou aborrecer os teus seguidores.

 

Um bom exercício que te pode ajudar a chegar a esta resposta é pensar com que frequência o teu público quer “ouvir” sobre ti.

Independentemente do número de partilhas semanais que decidas fazer, deves saber que essa frequência vai, sim, afetar o teu alcance total. Então, quanto maior for o número de partilhas semanal, maior será o teu alcance total. Por outro lado, se a análise estiver a ser feita tendo em conta o alcance individual de cada publicação, poderás concluir que o alcance individual é ligeiramente menor (quando comparado com uma semana em que só foi feita uma publicação).

#4 – Agendar os meus conteúdos através do Estúdio de Criação do Facebook diminui o meu alcance

Não é novidade que existem inúmeras ferramentas no mercado que ajudam na gestão de agendamento de conteúdos. Estas ferramentas são extremamente importantes na otimização do workflow de qualquer Social Media Manager. Mas, indo ao que realmente interessa, o agendamento de conteúdos através do Estúdio de Criação do Facebook não diminui o alcance – na verdade, não faria sentido uma ferramenta nativa da plataforma diminuir desempenho, certo? 

Já agora, se quiseres ficar a conhecer algumas alternativas ao Estúdio de Criação, espreita este nosso artigo. 

 

Já sabias a resposta para alguns destes mitos? Se ficaste com alguma dúvida que gostavas de ver esclarecida, fala connosco! Estamos disponíveis para te ajudar!

Vê mais artigos deste Autor

Joana Pereira

Digital Account

Como é que o UGC pode Ajudar Marcas a Aumentar Vendas

O User Generated Content (UGC) não é novidade, mas as redes sociais transformaram a forma como é utilizado; geraram uma nova Era de influenciadores e comunidades online, onde o conteúdo dos utilizadores facilita feedback e interação. Atualmente, a autenticidade é extremamente valorizada e as marcas reconhecem o UGC como um ativo que serve como prova social, promove a interação entre consumidores e ajuda a construir confiança na marca.

LER MAIS

Anúncios de Pesquisa: boas práticas para otimizar resultados

Os anúncios de pesquisa são meios interessantes para destacar negócios online. Contudo, uma campanha bem-sucedida requer planeamento, monitorização e ajustes contínuos.
Neste artigo, partilharei algumas boas práticas para otimizar os resultados dos teus anúncios de pesquisa.

LER MAIS

Como contornar a saturação de anúncios em Facebook Ads?

“Outra vez o mesmo anúncio? Que chato!” Esta é, muito provavelmente, a reação de um utilizador ao perceber que está a ver o mesmo anúncio repetidamente no Facebook. A isto chamamos #saturação de anúncios. Como contornar a saturação de anúncios? É isso que falamos no artigo d’O Raio do Blog desta semana!

LER MAIS
Falar no Whatsapp
Vamos conversar? 💬
Olá! 👋
Podemos ajudar?