Mar. 31

Social Commerce: o que é e como te pode ajudar a vender mais

  

Não é novidade que as Redes Sociais representam um papel importante enquanto ferramenta de comunicação e que surgiram com o propósito de conectar pessoas, permitindo interação entre as mesmas. Naturalmente, o nosso foco nas Redes Sociais evolui ao longo do tempo e, embora continuem fieis à sua premissa, atualmente também são o palco para interações entre consumidores e marcas e o veículo para promover e vender produtos e serviços.

No artigo Tendência de Marketing Digital 2022, revelamos com o Social Commerce tem conseguido atrair admiradores, havendo cada vez mais pessoas dispostas a comprar através de Redes Sociais.

Em todo o mundo, as pessoas passam em média duas horas e vinte e sete minutos por dias nas Redes Sociais, segundo o Hootsuite, e de acordo com a pesquisa feita pela The Influencer Marketing Factory, 82% dos entrevistados afirma ter descoberto novos produtos nas Redes Sociais e que o compraram através dos seus smartphones. O estudo revela ainda que 97% dos consumidores da Geração Z utilizam as Redes Sociais como a sua principal fonte de inspiração no que diz respeito a compras.

Perante dados tão promissores, não é admirar que o Social Commerce seja uma tendência para este ano e que, com recursos a surgirem em várias plataformas – no Instagram, por exemplo, é possível comprar produtos diretamente na aplicação –, esta seja uma excelente oportunidade para as marcas gerarem mais receita. 

Mas, o que é afinal o Social Commerce?

Social Commerce é o processo de vender produtos diretamente nas Redes Sociais. Assim, não se trata de promover produtos e serviços através das Redes Sociais ou de gerar tráfego qualificado para o website. Trata-se sim, de apresentar produtos e serviço numa determinada Rede Social e que toda a jornada de compra – desde o momento em que o produto é descoberto, à procura de mais informação e o pagamento – aconteça sem que nunca se saia da plataforma.

E qual é a diferença entre Social Commerce e e-Commerce?

Bem, apesar de se relacionarem, são conceitos diferente.

Enquanto e-Commerce se refere à compra e venda de produtos e serviços através da internet, Social Commerce, por definição e como vimos anteriormente, apenas compreende a venda de produtos e serviços através das Redes Sociais – e, por esta razão, não é um e-Commerce, mas um segmento do mesmo.

Além disso, Social Commerce permite que integres os teus produtos e serviços no tipo de conteúdos mais compatível ao tipo de conteúdo consumido pelos utilizadores de Redes Sociais, como vídeo que revelam mais sobre o produto e poll que permitem ao público participar e partilhar a sua opinião através de votações.

E como é que Social Commerce me pode ajudar a vender mais?

1- Vais conseguir reduzir atrito e o risco de ter carrinhos abandonados, já que o número de cliques até ao botão de checkout é menor;

2- A compra torna-se muito mais interativa, pois os utilizadores podem, por exemplo, partilhar o produto nas suas stories e pedir a opinião dos seus seguidores;

3- Tens oportunidade de mostrar mais características do produto através, por exemplo, de vídeos ou de conteúdo gerado pela comunidade;

4- Vais alcançar cliente onde eles já estão. Millennials e Geração Z estão no topo da lista de gerações que mais tempo passam nas Redes Sociais e são, também, as gerações mais tendentes a fazer compras online enquanto fazem scroll.

5- Terás acesso a informação detalhado do perfil dos teus consumidores, o que te permitirá segmentar melhor o teu potencial público-alvo.

Conseguimos perceber que a nova Era do consumo passa pelas Redes Sociais.Embora o Social Commerce seja, ainda, um processo pouco explorado pelas marcas, tem imenso potencial. Assim, antes de te atirares de cabeça neste novo conceito, é fundamental que definas uma boa estratégia. Para te ajudar a montá-la, deixamos-te 6 sugestões:

— Estuda o teu público-alvo;

— Pesquisa as qualidades e as nuances das plataformas;

— Considera a intenção dos clientes;

— Escolhe o produto certo;

— Adapta o conteúdo e privilegia o vídeo;

— Interage com influenciadores digitais.

Se achas este conteúdo útil, deixa o teu gosto e partilha a tua opinião connosco nas nossas Redes Sociais! 

 

Classifique este item
(0 votos)

ARTIGOS RELACIONADOS