Nov. 12

UX vs. UI

 

Já ouviste falar de UX e UI, termos que normalmente aparecem juntos? Confundi-los é bastante comum, uma vez que possuem caraterísticas muito próximas.

É, por isso, necessário reconhecer as suas diferenças e as suas múltiplas aplicações. Embora apresentem conceitos muito próximos, cada um deles acrescenta o seu valor a um projeto e podem funcionar de forma complementar, como te vamos mostrar já de seguida!

 

UI

User Interface, ou interface do utilizador, consiste na criação de interfaces funcionais a partir de princípios relacionados com o design, permitindo ao utilizador uma navegação intuitiva.

Mas o que é uma interface? Uma interface pode ter diversas formas, tamanhos, ser de variados tipos - como websites, aplicações, ou até mesmo o painel de um carro - e os seus elementos principais são a tipografia, os ícones e as cores. Portanto, a função principal de um designer UI é criar essa interface. Idealmente, ela deve ser simples de aprender e de usar, sendo bem-sucedida se conseguir antecipar as ações de um utilizador.

Por outras palavras, a UI refere-se, geralmente, à parte gráfica de um produto, podendo ser menus, botões, textos, conjuntos de comandos, imagens ou animações, e consiste, no fundo, em todas as interações entre o utilizador e a tecnologia, mantendo o foco no impacto visual.

 

UX

User Experience, ou experiência do utilizador, é a relação que alguém tem com um produto ou serviço a partir dos elementos disponibilizados. O utilizador está sempre no centro de todo o processo de desenvolvimento de uma interface para que esta seja intuitiva, simples e fácil de utilizar. A experiência de interação começa mal ele entra em contato com o produto ou serviço. Esta é, portanto, uma área que pensa em todo o processo de interação e desenvolve soluções, digitais ou não.

Como a principal tarefa é lidar com a experiência do usuário, é necessário considerar todos os aspetos envolventes, tais como comportamentos, emoções, preferências, percepções, respostas físicas e até psicológicas. O design UX é, assim, uma combinação entre empatia e tecnologia e é responsável pela arquitetura dos conteúdos de uma interface, com o dever de antever o valor que os usuários vão retirar desse produto. Resumidamente, enquanto o UI Design garante que as interfaces sejam visualmente atrativas e intuitivas, o UX Design procura altas performances funcionais.

 

Diferenças

Apesar de as duas áreas se complementarem, UI e UX possuem diferenças bastante grandes: enquanto a UI é uma área que contempla o lado mais racional, a UX prevê o emocional. No entanto, se ambas forem utilizadas estrategicamente, conseguem tornar a navegação pela interface bem mais apelativa a um utilizador. Mas vamos por partes!

O design UX é um processo em que há uma identificação de uma necessidade que é depois validada, ou não, através de pesquisas, protótipos e outros processos. O design UI desenvolve então a interface - que pode ou não ser visual - pela maneira como os utilizadores interagem com ela.

Mas nem a interface mais agradável do mundo vai deixar os utilizadores contentes se não tiver as informações esperadas, da forma que eles esperam que estas sejam apresentadas. Por isso é que ambas as áreas se entrelaçam, principalmente no desenvolvimento de produtos digitais, e muitas vezes torna-se difícil saber onde começa uma e acaba a outra.

 

Cooperação

O designer UX determina como é que a interface trabalha e o designer UI determina o seu aspeto, mas este é um processo colaborativo em que ambas as áreas trabalham com o mesmo objetivo.

Quando as juntamos, é possível melhorar a experiência do utilizador, usando elementos visuais e aprimorando os resultados dessa interação, envolvendo-o para aumentar o seu interesse no produto ou serviço.

Enquanto uma área trabalha nas necessidades do utilizador e na navegação entre tarefas, a outra trabalha na forma como é apresentado o produto. A colaboração das duas áreas ajuda a que a interface final tenha o melhor impacto visual possível ao mesmo tempo que opera de forma intuitiva e eficiente.

 

Fidelização

Em suma, os designers UX tornam um produto útil auxiliando a realização de ações, enquanto os designers UI apresentam uma interface agradável e apelam à conexão emocional. Podemos dizer que os designers UX se focam nas macrointerações e os designers UI nas microinterações.

Estas áreas são muito amplas e encontram-se em grande expansão. Já existem empresas que integram equipas profissionais da área, e muitas outras que estão a começar a perceber a importância e o valor destes conhecimentos específicos. De maneira a garantir credibilidade e facilitar a usabilidade, as marcas optam por criar sites responsivos e intuitivos. UI e UX fortes podem impulsionar a fidelização de clientes a partir da sua experiência com o produto digital, bem como atrair novos clientes. 

Construir uma boa experiência de utilizador consiste na visualização da sua interação com a marca e as suas expectativas. Não vale a pena disponibilizar um produto diferenciador se este não for divulgado da melhor maneira. Como? Fala connosco, nós podemos ajudar!

 

Este artigo foi útil? Partilha ou deixa o teu comentário!

 

Classifique este item
(0 votos)

ARTIGOS RELACIONADOS