Jul. 09

Importância da Comunicação Visual Para as Empresas

 

A tua empresa presta serviços diferenciadores, com qualidade e profissionalismo, mas os potenciais clientes continuam a preferir a concorrência? A tua marca tem produtos com uma excelente qualidade/preço, mas os consumidores não compram? Podes precisar de melhorar a sua comunicação visual!

A comunicação visual pode definir-se como a utilização de elementos visuais como forma de linguagem para transmitir uma mensagem ou provocar emoções. São as cores, imagens, fontes e elementos gráficos tais como ilustrações que, isolados ou em conjunto, posicionam uma empresa ou marca diante do consumidor. O uso de imagens é, muitas vezes, mais eficaz e impactante do que o uso da linguagem escrita: já ouviste, com certeza, a expressão “uma imagem vale mais que mil palavras”!

 

Porque é que a comunicação visual é importante?

Tendo em conta um público com necessidades e experiências diferentes, os recursos visuais podem ajudar na compreensão das informações preenchendo a lacuna entre conceitos e palavras, tornando as informações mais envolventes e ajudando a tua empresa ou marca a comunicar de forma mais eficaz e impactante.

 

O que é uma identidade Visual ( também conhecida como branding)?

A identidade visual pode ser dividida em três grupos:

Primários: Onde se inclui o logótipo, o ícone e a marca de uma empresa.  

Secundário: Aqui temos a tipografia escolhida e o uso de cores. 

Terciários: São os elementos gráficos acessórios que complementam e seguem a mesma linha de criação dos grupos anteriores como, por exemplo, as mascotes ou ilustrações.

 

Uma identidade visual bem trabalhada contribui para que uma marca seja recordada pelo público, além de impactar, marcar, causar sensações e gerar identificação dos seus possíveis clientes ou consumidores. É também fundamental para tornar uma empresa apelativa para futuros colaboradores, reduzindo os potenciais custos de recrutamento (conhece aqui a importância do Employer Branding para atrair talentos).  

O ideal é que todas as imagens estejam alinhadas com a combinação única dos elementos visuais que caracterizam a tua empresa e que a tornam reconhecível. É importante ter essas referências sempre disponíveis para criar os materiais de comunicação para conseguir manter a consistência da identidade visual em todos os suportes de comunicação.

 

Como usar a comunicação visual de forma eficaz?

Acompanhar as tendências é fundamental para qualquer empresa que quer estabelecer o seu lugar no mercado. Manter-se a par do que os seus clientes ou consumidores procuram é a melhor estratégia para garantir que uma empresa ou marca continua relevante.

É habitual vermos grandes marcas mudarem a sua identidade visual totalmente – quando mudam os hábitos dos consumidores, a empresa também muda – e se a identidade visual da tua empresa já não reflete a sua essência ou já não está a impactar os consumidores certos, talvez seja altura para uma mudança (descobre aqui se a tua empresa precisa de um rebranding).

Principalmente nesta era digital, todas as tendências alteram-se muito rapidamente e a tua empresa precisa de estar preparada. As linhas de marketing da tua empresa podem ser fortalecidas por uma boa estratégia de comunicação visual mas, para isso, é necessário elaborar um plano de ação.

 

1. Redes Sociais

Boas campanhas de marketing combinadas com um bom planeamento e criatividade podem tornar uma marca numa referência do mercado. Vale a pena dedicar algum tempo nas redes sociais da empresa ou marca, investir nos criativos a serem publicados, assim como organizar o feed. Isso demonstra profissionalismo e reforça a marca. Não adianta oferecer produtos de qualidade se a mensagem não chegar ao consumidor.

 

2. Qualidade e Formatação

Manter a qualidade é tão importante como a coerência com a identidade visual da empresa. As imagens devem respeitar um padrão e ter em conta os requisitos de formatação de cada rede social. Na criação das comunicações pode adaptar e reutilizar designs de projetos existentes para criar consistência, resultando assim num melhor fluxo de trabalho.

 

3. Informações Diretas

O principal objetivo da comunicação visual é transmitir informações que não possam ser interpretadas de maneiras diferentes. Nenhum consumidor – num primeiro momento – tem interesse em ler materiais extensos sobre uma marca, produto ou serviço. Assim, faz toda a diferença optar por uma linguagem simples que explique os valores da marca logo num primeiro contacto.

Para simplificar informações complexas recorrendo à comunicação visual deve-se remover o máximo de texto possível, usar formas geométricas para agrupar conteúdos, usar linhas e bordas para indicar fluxos de informação e relações, e usar cores e tamanhos (de forma limitada e coerente com a sua imagem de marca) para destacar as informações principais. 

 

4. Fortalecer a Marca

É fundamental para qualquer empresa ter uma identidade visual forte e coesa que gere e mantenha o reconhecimento dos seus clientes e consumidores. Toda a boa comunicação visual começa com o logotipo e a criação de um slogan que traduza os valores da empresa, mas não é suficiente para construir e consolidar uma imagem eficaz. Em comunicações diretas ao consumidor, a qualidade da marca mostra aos clientes a sua organização. Seja em que suporte for, digital ou físico, devem-se incluir elementos gráficos da marca como o cabeçalho e rodapé com o logótipo, as fontes e cores definidas para marca e usar o mesmo estilo de símbolos e ícones.

Uma comunicação visual assertiva aproxima o cliente mesmo sem este saber a área de negócio da empresa e, para assegurar que os clientes e consumidores continuam a prestar atenção ao que estás a comunicar, é importante manter a coerência, criar relações e impactar através de um bom storytelling.

Se precisas de ajuda para criar ou redesenhar a comunicação visual da tua empresa ou marca e captar os tão importantes clientes, fala connosco!

 

Classifique este item
(0 votos)

ARTIGOS RELACIONADOS