Abr. 06

6 PRINCIPAIS ERROS COMETIDOS EM CAMPANHAS ADWORDS

erros adwords

Um bom anúncio consegue alcançar as pessoas certas, no momento certo. No entanto, na hora de criar um anúncio, é comum existirem falhas que são prejudiciais para o sucesso da campanha. Conhece os 6 erros mais comuns.

 

1. Não anunciar porque a página já aparece em primeiro nos resultados orgânicos

Achar que não é necessário anunciar porque a página já aparece em primeiro lugar nos resultados orgânicos é um erro. Nas páginas de resultados da Google os resultados orgânicos são apresentados entre os resultados pagos, ou seja, se existirem anúncios relevantes (pagos) para a pesquisa do utilizador, o Google vai apresentar esses anúncios acima dos resultados orgânicos. Além de perderes a oportunidade de aparecer mais vezes nos primeiros resultados, deixas aberta a possibilidade de marcas concorrentes ocuparem uma posição melhor.

 

2. Escolher mal as Keywords

Quando se trata do Google AdWords, as palavras-chave são essenciais, uma vez que são elas que geram leads no teu anúncio.

Ao escolher as palavras-chave é importante:

  • Saber quais são os termos mais procurados (será importante analisar o que tem feito a concorrência)
  • Colocar palavras compatíveis com a URL de destino e com os conteúdos da landing page da campanha ou website
  • Conhecer as palavras mais relevantes
  • Explorar correspondências exatas e amplas de frases
  • Investir nas palavras que têm maior taxa de conversão

 

3. Usar títulos e descrições desadequadas

Se queres que o teu anúncio se destaque entre tantos outros, é importante criares um título e uma descrição que sejam coerentes e que não passem ideias erradas sobre a empresa.

É provável que as pessoas reparem mais no texto do título, pelo que se deve ponderar incluir palavras que elas possam ter utilizado na respetiva pesquisa no Google.

 

4. Anunciar apenas numa rede ou formato

O AdWords utiliza a Rede da Google que é composta por duas redes:

A Rede de Pesquisa (pesquisa Google, Google Maps, Grupos do Google e sites associados) e a Rede Display (propriedades do Google: como o Youtube, Blogger, Gmail e outros sites associados). Ambas têm benefícios e, por isso, é importante tê-las em consideração quando se definem os objetivos das campanhas.

 

5. Falhar no URL de destino

A taxa de conversão está bastante associada à quantidade de cliques necessários para se chegar a um produto ou serviço. Quantos menos cliques forem necessários, maior é a conversão. Para além disso, se o utilizador chega rapidamente ao local desejado, maior é a probabilidade de conversão.

Por outro lado, o URL de visualização é composto pelo domínio do URL final e pelo texto dos campos “caminho” opcionais. Estes campos foram concebidos para ajudar as pessoas que veem o seu anúncio a terem uma melhor noção do local para onde serão direcionadas ao clicar.

 

6. Não agrupar as palavras-chave em diferentes grupos de anúncios

O maior erro cometido em campanhas, está associado à escolha das keywords. Muitas vezes, aquilo que se faz é colocar todas as palavras-chave associadas ao serviço ou produto a promover e isso está errado!
Para chegar aos anúncios de topo é preciso saber como direcionar as palavras corretas, no caminho certo. Como tal, é importante saber utilizar grupos de anúncios.

Um grupo de anúncios contém um ou mais anúncios que segmentam um conjunto partilhado de palavras-chave. Muitos anunciantes consideram útil basear os grupos de anúncios nas secções ou nas categorias que aparecem nos respetivos websites.

Se um grupo de anúncios tem muitas palavras-chave diferentes, o anúncio apresentado terá de ser mais genérico, sendo menos relevante e, por isso, com um CPC (custo por clique) mais elevado.

Já percebeste que para alavancar o teu negócio, precisas do Google AdWords. Ainda assim, não esperes que a ferramenta faça tudo sozinha – otimiza ao máximo o teu website e potencia as ferramentas de marketing digital a favor do sucesso da tua marca!

Classifique este item
(0 votos)

ARTIGOS RELACIONADOS