Mar. 15

SOCIAL MEDIA INFLUENCERS – O QUE SÃO E PORQUE SÃO IMPORTANTES PARA O MARKETING?

copywrite

Todos nós conhecemos ou seguimos algum. Claramente concordas que atualmente é mais fácil confiarmos na opinião de outras pessoas, do que propriamente na comunicação das marcas. E isto, não é novidade!

 

 

Hoje em dia, o recurso aos influenciadores (aka influencers) tornou-se “banal”. A utilização destes “embaixadores” por parte das grandes marcas é cada vez mais comum. Sejam instagrammers, youtubers, bloggers, a verdade é que, em Portugal e no Mundo, desde a moda e lifestyle, do desporto à gastronomia, o mundo digital está repleto de pessoas (algumas figuras públicas, outras que nem tanto, mas que são verdadeiros opinion makers) como Natalie Suarez, 262 mil seguidores no Instagram, e Danielle Bernstein com um milhão e meio.

De acordo com o site influence.co, no Top Social Media Influencers portugueses, entre perfis desconhecidos, encontramos figuras públicas como Rita Pereira, Cristina Ferreira, Isabel Silva ou Francisco Garcia.

Mas afinal o que é um social media influencer ou, em português, um influenciador?

Em primeiro lugar são pessoas, iguais a todas as outras, iguais a mim, iguais a ti. A diferença? Pois, a diferença observa-se essencialmente no número de audiência nas redes sociais e no engagement gerado nas suas páginas.

Os influenciadores normalmente apresentam um número considerável de seguidores, o que lhes permite fazer publicidade subtil a um determinado produto. Fazem-se utilizar de uma linguagem adequada e por conseguinte, conseguem facilmente atingir o público das marcas que os procuram.

O objetivo é claro: passar uma mensagem de forma correta, através da produção de conteúdos, com o intuito de influenciar comportamentos tanto na internet, como fora dela. Na sua maioria, trabalham com marcas com que se identificam, aquelas que já iriam usar na sua vida de qualquer maneira, recusando, por norma, trabalhar com marcas só porque são pagos para isso. E é aqui que reside a diferença entre o influencer e alguém que é contratado para fazer publicidade a uma marca. A diferença é a relevância do conteúdo que é partilhado através das suas páginas.

 

 

A verdade é que esta figura de influenciador sempre existiu na internet. Desde que surgiram as redes sociais, surgiu também a oportunidade de bloggers, figuras públicas ou não, influenciarem o comportamento dos outros. A forma como alguns influencers inspiravam e continuam a inspirar quem os segue, começou a despertar o interesse das marcas que veem neles a oportunidade perfeita para atingir o seu target. Todas as marcas sonham em “andar na boca do mundo”, pois então, haverá algo melhor que os “infiltrados”? E porquê? Porque os seguidores sentem que são “amigos” destas pessoas, seguem o seu dia-a-dia, a sua família, o seu trabalho, os seus gostos, as suas atividades…

Se as marcas querem ter uma relação mais emocional, mais humana, com os seus consumidores, então esta é uma excelente oportunidade para apostarem nos influencers.

A Porta dos Fundos, produtora dos conhecidos vídeos de comédia também tem uma perspetiva sobre este assunto, dá uma vista de olhos:

Classifique este item
(0 votos)

ARTIGOS RELACIONADOS