Jul. 27

JÁ TENHO O MEU SITE NOVO PRONTO… E AGORA?

site pronto

O processo de desenvolvimento de um site não termina com o fim da sua implementação. Na verdade, segue-se a fase mais importante que é a sua divulgação e promoção na world wide web

É como teres um carro novo fechado na garagem à espera que alguém abra a porta e o descubra.

Seguem-se 6 passos essenciais para o tirares da garagem:

1. Instala um certificado SSL

Como já abordei anteriormente, para além da Google penalizar os sites não seguros, a segurança SSL é um dos critérios usados para melhorar o ranking e obter mais informações no Google Analytics. Outros fatores importantes são a credibilidade e a segurança que este transmite para quem o visita e que acaba por ser determinante em qualquer negócio online ou na simples submissão de dados pessoais. Compravas um telemóvel novo de 500€ num site com um sinal de perigo e com a indicação: “A sua ligação não é segura!”? Pois…

2. Testa a velocidade do novo site

A partir do momento que o site é publicado num servidor público, é o momento de testares a sua velocidade, tanto na versão desktop como nos dispositivos móveis.

A sua velocidade é um critério fundamental para o SEO. Além disso, tal como numa repartição das finanças com as senhas, ninguém gosta de esperar que a página carregue totalmente, algo que tende a agravar-se com os dispositivos móveis. Para isso, deves ter atenção ao tamanho das imagens e à otimização do código javascript e folhas de estilo (CSS).

3. Testa todos os links

Durante o desenvolvimento, é natural que os URLs das páginas se alterem ou desapareçam e a existência de links partidos é uma falha grave no SEO do teu novo site.

Testar uma ou outra página pode ser relativamente fácil, mas se o teu site for dinâmico e com muita informação, talvez devas considerar fazer uma análise mais extensa.

Mas se já tens a cabeça a doer só de pensar na trabalheira que vais ter a rever tudo sozinho, tem calma, não ligues já à teu/tua namorado/a… respira fundo, aqui vai mais uma dica. Existem várias aplicações que podem ajudar-te como o Screaming Frog ou serviços online, como o BrokenLinkCheck , que te ajudam nesta tarefa, ainda que a correção desses links tenha de ser feita manualmente. Se ainda assim achas que é muito trabalho e tens séries em atraso para ver, podes sempre optar por subscrever um serviço que faça isso por ti numa das plataformas existentes.

4. Cria uma conta Google Analytics e configura-a no teu site

Esta tarefa é tão óbvia quanto fundamental. E por ser óbvia, é a mais descurada de todas, sendo por vezes realizada já com o site a funcionar em pleno.

A instalação de um serviço de análise de visitas (seja o Google, o Bing ou qualquer outro) é determinante para conheceres e compreenderes a audiência do teu site. Perceberes que conteúdos, como e quando são visualizados é essencial para o sucesso do teu site.

No caso do Google Analytics, ser for uma empresa, é aconselhável coloque o horário de funcionamento, o número de telefone e as direções da empresa na Pesquisa Google e no Maps com o Google My Business.

Outra dica que te dou, é que cries notas sempre que fizeres uma alteração significativa no site. Dessa forma quando vires os resultados vais perceber que alterações coincidiram com aqueles dados.

5. Cria e publica o novo sitemap.xml no Google

A indexação de um site pelo Google pode levar alguns dias ou mesmo semanas. Para acelerares o processo, deverás sempre publicar a estrutura do site com um ficheiro sitemap.xml. Desta forma, os motores de pesquisa conseguem entender melhor a estrutura global das páginas e das suas prioridades, indexando-as entre si nessa mesma estrutura. Este processo deve ser repetido sempre que criares ou removeres páginas. Mais uma vez, existem várias ferramentas que criam o ficheiro sitemap.xml por ti. Eis algumas sugestões.

 

6. Divulga-o!

Agora que já preparaste o lançamento do teu novo site como deve ser, divulga-o!

E para isso não tens necessariamente de espalhar a noticia pela tua família ou pelos teus amigos durante um jantar. Pode ajudar, especialmente se tiveres aquela tia que diz tudo a toda a gente mas não podes ficar por aí.

É essencial criares um anúncio patrocinado, nem que tenhas que fazer um pequeno investimento. Cada vez que o teu site recebe novas visitas, especialmente se vierem de outros sites como as redes sociais, o posicionamento dele nas pesquisas vai subir de acordo com uma série de critérios definidos pelos motores de pesquisa. E por novas visitas, estamos a falar de pessoas em computadores e localizações diferentes, pelo que, se estavas a pensar em pôr o teu irmão mais novo a pesquisar o teu site várias vezes durante a semana inteira, esquece… deixa-o ir jogar à bola.

Temos algumas sugestões bem mais eficazes para ti:

– Envia uma newsletter, seja com o teu email pessoal ou com um serviço mais orientado para esse efeito como o Mailchimp, cria um email bonito, com pouco texto (as pessoas não vão ter paciência para ler muito) e com uma mensagem incisiva, dizendo às pessoas que tens um site novo e o que podem encontrar nele.

– Cria um anúncio na Google e/ou nas redes sociais como no Facebook ou no Instagram. E não gastes tudo de uma vez, vai fazendo anúncios semanais durante algum tempo até as visitas ao site estabilizarem e o seu posicionamento nos motores de pesquisa melhorar consideravelmente.

– Desenvolve referências externas noutros sites e plataformas, como por exemplo as redes sociais, com o intuito de gerar leads. Isso geralmente significa exibir campanhas de resposta direta que incentivam as pessoas a executar uma ação específica, como obter um desconto num produto e serviço ou ainda inscrever-se para receber uma newsletter.

Estes passos podes ser particularmente importantes se o teu domínio for muito recente.

Se mesmo com as nossas dicas achas que isto ainda é coisa para dar muito trabalho, fala connosco.

Et voilá, o teu site será certamente um sucesso!

Classifique este item
(0 votos)

ARTIGOS RELACIONADOS